sexta-feira, 22 de abril de 2016

MEU BRASIL, EM BUSCA DA ORDEM E PROGRESSO

No dia em que se comemora o descobrimento de nossa Nação, uma pergunta me vêm à mente:

Quem é o meu Brasil? Um lugar que tem como capital histórica a cidade de Porto Seguro-Bahia, que em sua história conseguiu registrar mais alegrias que traumas e, que tem como fundamento original a Cruz – o instrumento que Deus usou para limpar toda terra. 

1Co 1.18 - Porque a palavra da cruz é deveras loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.

Esse Brasil também é composto por um povo que herdou de seus antepassados o medo e por isso quase sempre não reage aos ataques que recebe, ficando intimidado; somado à isso ainda tem o descrédito por ser testemunha de tantos escândalos cometidos por pessoas que deveriam ser as mais zelosas pela história nacional.

Mesmo sendo assim, podemos alimentar boas expectativas para o futuro deste lugar, que há quinhentos e dezesseis anos atrás recebeu em seus mares doze caravelas, guiadas pela caravela de Pedro Álvares Cabral, um judeu que nasceu em Portugal. Esse sentimento é baseado no fato desta terra ter sido consagrada à Cristo, no dia 26 de abril, no ano de seu descobrimento – fato que abriu portas para a evangelização e a colheita de vidas para o Senhor. 

Dt 31.8 - O Senhor, pois, é aquele que vai adiante de ti; ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará. Não temas, nem te espantes.

Nosso país nasceu sob bases bíblicas e chamou-se Monte Pascoal, Terra de Vera Cruz, Terra da Santa Cruz e depois, Brasil. Mesmo assim, ao longo de sua história foi atrapalhada pela pobreza – sendo uma terra tão rica; esse quadro se deu em decorrência da imposição de certos governantes, que praticando abusos levaram os brasileiros à viverem padrões de escravidão. A exploração desonesta, sobretudo dos direitos tem impedido os filhos deste lugar de usufruir da abundância nacional.  

Gn 15.14  - sabe também que eu julgarei a nação a qual ela tem de servir; e depois sairá com muitos bens.

Em Deus podemos ter alteração do padrão que herdamos. Somente precisamos alimentar a nossa fome por mudanças, lutar por dias melhores e reconstruir, olhando para Jesus Cristo, o Senhor deste lugar. O Ap. Renê Terra Nova afirma: “A Cruz foi a base que deu ORDEM. O Messias ressuscitado é a certeza do nosso PROGRESSO”.

Pra. Ana Cunha
P.S. Texto produzido como resultado de foto-leitura feita no livro "Ordem e Progresso - o Brasil por uma perspectiva que você nunca viu" do Ap. Renê Terra Nova, enquanto buscava respostas para perguntas relativas ao meu país.