sábado, 16 de abril de 2016

HOMENAGEM PARA PAULA

E o dia 16 de abril terminou, mas os motivos para ser grata à Deus pela vida dessa pessoa maravilhosa não. Paula é assim, tem dentro de si um coração levita, adorador; um coração valente, destemido; uma ousadia que poucos tiveram a chance de conhecer, mas que o mundo inteiro terá notícia. 

Essa filha do Altíssimo faz parte da minha história - ou será que eu é que fui premiada para entrar na dela? Isso realmente não importa, pois o importante é tê-la como uma árvore frutífera plantada em minha equipe. Ela é como a tamareira: produz frutos que apresentam uma doçura que é peculiar, e que são utilizados para a produção do mel, que lembra a Terra Prometida.

Que o Senhor te abençoe sempre. Que Ele te surpreenda com uma descendência incontável de discípulas - como os grandes cachos da tamareira.

Amo você!
Pra. Ana Cunha