terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

A DESOBEDIÊNCIA GERA A MORTE


Gn 1:27-29 - Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Deus os abençoou, e lhes disse: "Sejam férteis e multipliquem-se! Encham e subjuguem a terra! Dominem sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se movem pela terra". Disse Deus: "Eis que lhes dou todas as plantas que nascem em toda a terra e produzem sementes, e todas as árvores que dão frutos com sementes. Elas servirão de alimento para vocês”.

Segundo a Palavra de Deus, Ele fez o homem à sua imagem e semelhança e lhe entregou o domínio da terra e tudo que nela havia. Mas por falta de entendimento e obediência o homem perdeu este domínio:



1. ELE DEU OUVIDOS À SERPENTE

Gn 2:15-17 - O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo. E o Senhor Deus ordenou ao homem: "Coma livremente de qualquer árvore do jardim, mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente você morrerá".

Neste trecho a Bíblia mostra que Deus deu um comando para que Adão cultivasse e guardasse seu jardim, também lhe deu instruções à cerca das coisas que tinham ali, porém, Adão deixou a voz da serpente lhe enganar.

Gn 3:1 - Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais selvagens que o Senhor Deus tinha feito. E ela perguntou à mulher: "Foi isto mesmo que Deus disse: ‘Não comam de nenhum fruto das árvores do jardim’?”.

A serpente enganou o homem, lhe levando a cair.



2. ELE VIU A CIRCUNSTÂNCIA COM OLHOS HUMANOS

Gn 3: 4-6 - Disse a serpente à mulher: "Certamente não morrerão! Deus sabe que, no dia em que dele comerem, seus olhos se abrirão, e vocês serão como Deus, conhecedores do bem e do mal". Quando a mulher viu que a árvore parecia agradável ao paladar, era atraente aos olhos e, além disso, desejável para dela se obter discernimento, tomou do seu fruto, comeu-o e o deu a seu marido, que comeu também.

Quando deixamos de olhar com os olhos de Deus e passamos a ver com nossos olhos, entramos no nosso próprio entendimento e nos afastamos do plano do Senhor para nossas vidas.

Adão e Eva comeram do fruto e passaram a ver com os olhos naturais, percebendo que estavam nus. A visão da nudez se deu em decorrência do pecado – quando pecamos é assim que nos sentimos diante de Deus, por isso nos escondemos de Sua presença.

O pecado tem afastado muitos da presença do Senhor, fazendo com que se escondam por suas vestes manchadas.

Gn 3:9-10 - Mas o Senhor Deus chamou o homem, perguntando: "Onde está você? " E ele respondeu: "Ouvi teus passos no jardim e fiquei com medo, porque estava nu; por isso me escondi".

O pecado gera medo de ser descoberto, por isso muitos se isolam e se afastam da igreja, dos seus líderes espirituais e até mesmo dos irmãos de equipe, com isso perdem a oportunidade de estar em comunhão e receberem a bênção.

Sl 133:1-3 - Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união! É como óleo precioso derramado sobre a cabeça, que desce pela barba, a barba de Arão, até a gola das suas vestes. É como o orvalho do Hermom quando desce sobre os montes de Sião. Ali o Senhor concede a bênção da vida para sempre.

O pecado gera a morte.

Tg 1:15 - Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte.

Vemos que a cobiça gera o pecado, que conduz à morte, seja física ou espiritual. Mas, temos da parte de Deus uma ação em nosso favor: Ele mandou Seu único filho para nos resgatar da escuridão e nos trouxe de volta, para vivermos em aliança com Ele, desfrutando da vida eterna.

Jo 3:16 - "Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.


Deyme da Silva